Pesquisar este blog

Carregando...

segunda-feira, 22 de setembro de 2008

Reteté, mais um modismo pentecostal


Muitos de nossos erros nas áreas onde estão envolvidos os dons espirituais surgem quando queremos que o extraordinário e o excepcional sejam transformados no freqüente e no habitual. Que todos que desenvolvem desejo excessivo pelas “mensagens” transmitidas por meio dos dons possam aprender com os enormes desastres das gerações passadas com nossos contemporâneos [...] As Sagradas Escrituras é que são lâmpada que ilumina nossos passos e a luz que clareia nosso caminho.

Donald Gee, pastor assembleiano em 1963.[1]


Reteté ou repleplé são manifestações cúlticas extravagantes atribuídas ao Espírito Santo. No “culto” reteté a um imperativo de desordem e indecência, onde a racionalidade é desprezada e o caos é celebrado. O “cair”, “runir”, “dançar”, “pulos elétricos” são comuns em reuniões super-ultra-mega agitadas e “fervorosas”. Em reuniões pentecostais, o reteté se tornou uma moda constante e tolerável.

Características do culto “reteté”

Segundo o pastor pentecostal Ciro Sanches Zibordi, esse tipo de “culto” caracteriza-se pelos “hinos” que “são apresentados com ritmos como axé, com batuques que lembram reuniões do candomblé, e muito forró. Pura carnalidade! Pessoas rodopiam, caem, riem, berram etc.” [1] O historiador pentecostal Isael de Araújo o assim descreve:

Nos cultos “reteté”, pessoas marcham, pulam, contorcem, caem, riem, berram, ficam rodopiando pra lá e pra cá num verdadeiro reboliço. Geralmente, essa desordenada movimentação se dá enquanto hinos são cantados em ritmos como forró ou axé, com batuques e pandeiros que lembram reuniões do candomblé. Para os crentes do “reteté” só os seus cultos são verdadeiramente pentecostais e têm o mover de Deus. Mas esses cultos ultrapassam os limites da meninice e muitas vezes são pura expressão de carnalidade e falta de temor a Deus. Seus dirigentes são obreiros neófitos que não estimulam o povo a ler mais a Bíblia e ser mais equilibrados. [3]

No culto “reteté” a extravagância, os exageros, a irracionalidade, a falta de exposição das Escrituras com uma doxologia que leva a reflexão são características marcantes. Os freqüentadores desses cultos são cristãos, normalmente neófitos ou imaturos, que não crescem de maneira sólida. Um grande problema é ver vários pastores envolvidos em tais modismos!

Qual o problema do reteté?

São vários os problemas com essa modalidade de culto e seria necessário rasgar I Co 14 das Sagradas Escrituras, para aceitar o reteté.

a) A passagem ensina ordem e decência (v.40), além de mostrar que os dons têm propósitos para edificação da Igreja (v.26). “Faça-se tudo para edificação”.
b) Deus não é de confusão (I Co 14.33). O reteté encarna o caos!
c) O “reteté” infantiliza, contrariando o bom-senso exortado pelas Escrituras (I Co 14. 20)
d) O culto é racional (Rm 12.1), enquanto o “reteté” inspira os mais primitivos instintos emocionais, desprezando por completo o intelecto.


O culto cristão é formalista e monótono?

Não, pois experiências esporádicas e não normativas são possíveis no culto cristão, seja ele pentecostal ou tradicional. Experiências são aceitáveis, desde que não se torne moda e provoque desordem no culto. Experiências não podem servir para outros, pois são pessoais, relativas, únicas e exclusivas. Os dons espirituais devem ser exercidos nos cultos, mas segundo os parâmetros da doutrina bíblica exposta nas epístolas.

Exposição bíblica?

Em nenhum culto de “reteté” é possível ver uma boa exposição das Sagradas Escrituras. Os pregadores do “reteté” usam a Bíblia com amuleto ou para extrair versículos sem contexto para apoiar as trágicas pregações. A Bíblia nada vale nos cultos do reteté. Nessas reuniões, às vezes acontece que nem a leitura bíblica é feita!

Conclusão:

Culto pentecostal é composto de hinos, exposição das Escrituras, exercício na coletividade dos dons espirituais (I Co 14.26). A liturgia pentecostal não deve ser o extremo oposto da equilibrada liturgia tradicional, pois o que diferencia é o exercício dos dons, com toda moderação e seguindo as diretrizes da Bíblia.


Referências Bibliográficas:

01. GEE, Donald. Spiritual gifts in the work of ministry today. Springfield: Gospel Publishing House, 1963, p.51 Cit in GRUDEM Wayne. O Dom de Profecia. São Paulo: Editora Vida, 2004. p 414.

02. ZIBORDI, Ciro Sanches. Mais Erros Que os Pregadores Devem Evitar. Rio de Janeiro: CPAD, 2007. p 46.

03. ARAÚJO, Isael de. As principais tentações do pentecostalismo hodierno. Mensageiro da Paz, Rio de Janeiro, Julho de 2008. Artigo. p 27.

42 comentários:

Daladier Lima disse...

Infelizmente, tais "comportamentos" trazem mais prejuízo do que valor à igreja do Senhor Jesus. É bom relembrar que muitos dos que aderem a cultos deste tipo, na verdade, são pessoas buscando demonstrar um poder que não têem, exibir uma religiosidade que não se mostra na prática e fugir do padrão da Palavra. Tudo isso com uma pontinha de contracultura pentecostal. Um caldeirão do retété!

Talita Cristina M.Santos disse...

hum gostei
acho que dava pra aprofundar mais, interessante na minha escola de lideres de domingo a mensagem era como identificar a verdadeira palavra a ser pregada, e que ter a manisfestação dos dons espirituais é muito importante e gostoso mas o que realmente edifica é a palavra, ela que é o alimento, ela que sustenta e fortalece, eu não por exemplo, não consigo fazer viagens de "aviazinho santo" nem pular cm a unção do "saci pererê", mas quando sinto a presença de Deus minhas lágrimas mostram o sentir da presença de Deus em mim.
Enfim gostei da explanação sobre o assunto mas acho que poderia apronfudar-se mais.
Paz

jeremias disse...

OLÁ IRMÃO Gutierres.
paz do senhor jesus este tema está uma benção. sobre o rete té
que benção, esta palhaçada sem duvida é de uma avivalistazinho do interiro de sp. o qual está rico já nas custa dos irmãos, porque isto acontece em nosso meio aparece novidade e o povão vai logo abraçando porque será?
creio que é por um fator muiti importante falta de biblia.
a ausencia da biblia é muito grande no meio pentecostal. inclusive na assembléia de DEUS.
apesar que não são todas assim não mais a maioria está ligada na ausencia da biblia.
se você viesse por aqui no interior de sp. você iria ver
como a falta de biblia e estudo dela está fazendo uma grande falta dentro da igreja evangelica assembléia DEUS
não estou falando de outras igrejas evangelicas pentecostal.
não sabe porque. todo mundo sabe que o tesouro cultural e teologico no porvir pentecostal é a ASSEMBLÉIA DE DEUS. a qual está perdendo.
o legado e o rumo teologicamente

veja só a campos da assembléia de DEUS que aiinda proibe irmãos ter aparelho de tv em casa.
é mole.
a um campo anão aqui no interior de sp que ainda tem está pratica anti biblica. de proibir irmãos de ter aparelho de tv em casa. o campo é um campo dominado e governando por uma falamilia de ultra conservadores de tradição e não de principios.
campo da assembléia de Deus. de igarpava sp sobre a presidência e governo da familia moreira.
este campo ainda proibe seus membros de ter aprelho de tv. mais não ensina que o reteté não tem nada haver com biblia. prestam continencia para avivalistas pés de chinelo. que aprece.
outra coisa. fracos de biblia. fracos de contato. fracos de desenvolvimento.
e politiqueiros. o campo mais politiqueiro que conheço
por um lado detonam a tv em casa. por outro lado se abrem para ala politica e por outro lado apoiam gente de qualquer partidária o que manda é a $$$$$$$$$ grana oq que vai dar. sabe gutierres é tanta coisinha que não da mais para ficar olhando e ficar quieto. o povo ai da cgadb e da convenção de estado tem que ver o que acontece por aqui. aonde é que isto vai parar.

campos como este de igarapava da assembléia de DEUS. que engole camelo e engasga com mosquito. ísto biblicamente falando é falta de biblia e de preparo.
ha se fosse na epoca dos pioneiros do pentecostalismo.
que jesu tenha missericordia.

jeremias

Renan Diniz disse...

Irmao Gutierres Siqueira, muito bom o texto e impressionante o que podemos ver em cultos nos dias atuais, como você comento no artigo, em cultos como esses não se tem uma boa palavra, o que deveria ser um dos principais objetivos do culto. A pouco tempo tbm escrevi um artigo parecido com esse, e agora lendo o seu fiquei alegre em saber que esse assunto está sendo levantado nao so no nosso blog www.gqlgeracaoquelamba.blogspot.com mas no seu também. Um abraço!

Ednaldo disse...

Gutierres o "Sapatinho de Fogo" - rsrsrs

Paz irmão,

Ótimo artigo, você deveria imprimir algumas cópias e dar aos irmãos da igreja.

Ou então sugerir a CPAD que trate desses modismo em alguma revista de EBD futura.

Porque a coisa tá ficando feia.

Em Cristo,

Ednaldo.

P.S.: Estou pensando em escrever algo sobre Calvinismo e Pentecostalismo se existe incompatibilidade, também estou tentando desenvolver argumentos bíblicos contra o cessacionismo, mas é assunto muito complexo, mas que o cessacionismo é muito falacioso isso é.

Ora por mim.

zwinglio rodrigues, pr. disse...

Gutierres, paz!!

Exageros existem aqui e acolá!!!

Acontecem coisas do arco da velha nos movimentos pentecostais...

Mas, na história da Igreja [na própria história dos avivamentos], temos fartas evidências de que o Espírito Santo não costuma rezar na cartilha litúrgica das tradições, dos gostos dos homens...

Quero lembrar a todos que desde PENTECOSTES, o Espírito Santo se mostra nada CONVENCIONAL...

Como faz falta homens com o dom de "DISCENIMENTO DE ESPÍRITOS" na vida da Igreja...

Por ele, deixaríamos de ser enganados [em muitos casos] pelas manifestações demoníacas, pela manifestação dos poderes humanos psiquícos e pelas opiniões fundadas em "achômetros"...

Com ele em plena atividade, não correríamos o risco de chamar o SANTO de PROFANO; o PRECIOSO de VIL...

Abraços!!!

dokimos.wordpress.com

Lucimauro*Assembléia de Deus disse...

A paz do Senhor amado gutierres.
Tem sapato de fogo ai?
tem sapaaaaaaaaaaato?rsrsrsrsrs
To brincando.
Ótimo post,parabéns, infelizmente o que escreveste confirma a realidade desse modismo que tem invadido as igrejas e infelizmente muitas Assembléias.
Já é chegado o momento dos maiores orgãos do pentecostalismo clássico entrarem mais em ação.
E concordando com o Ednaldo também acho que já é hora da CPAD abordá esse assunto em suas lições semestráis.
Gente vamos parar de querer agradar o povo na conquista de clientes e dizer a verdade.
O povo incauto está igual a cego em tiroteio.
Só para lembrar é importante saber que as Assembléias de Deus no Brasil e seus orgãos originais fundados desde o princípio,nunca apoiaram tais modismos.
Daquele que ama a Assembléia de Deus e seus orgãos históricos.
I'II BE BACK.

Francivaldo Jacinto disse...

Caro irmão Gutierres, a paz do senhor.

Excelente artigo. Já tive alguns problemas com irmãos do reteté e do repleplé ,que congregam em uma congregação mantida pela igreja que eu sou membro.
O último pastor responsável pelo rebanho sofreu muito. Inclusive eu também tive alguns probleminhas por causa do reteté.
Ao falar com diácono daquela igreja, mostrando que tudo aquilo era uma meninice, ele ficou muito bravo, e ainda falou que eu e a igreja em que congrego é que somos frios, a igreja era morta.
Por experiência própria digo que é muito difícil resolver esse tipo de problema nas nossas denominações.
Há uma inversão também de princípios e valores dentro das próprias igrejas. O inimigo na maioria das vezes está ao nosso lado.

Fraternalmente.

Francivaldo Jacinto.

solascriptura-pb.blogspot.com

Cleber disse...

Gutierres,
Concordo com suas palavras, mas não com o tom do seu texto...

Seu texto passa a impressão de um culto pentecostal bastante formal, onde as experiências são apenas toleradas e não buscadas, positivas.

Mano, cuidado pra não colocar Deus numa caixinha... Sei que você vê muitos exageros em algumas assembléias, mas cuidado pra não ir pro extremo oposto.

Espontaneidade no uso dos dons e ordem não são coisas antagônicas.
Ter uma experiência sobrenatural e ter decência no culto não são coisas antagônicas.
Dar liberdade ao Espírito Santo e ter um pregação profunda tbm são coisas conciliáveis.

Devemos buscar o equilíbrio sem apagar a chama do Espírito.
Sabemos que exageros sempre podem ocorrer em qq avivamento, e devemos coibi-los na medida que ocorrem.

Mas é preferível dar liberdade e acabar exagerando do que não dar liberdade nenhuma com medo dos exageros.
Eu que vim do meio tradicional sei bem o que estou dizendo.
Deus nos livre da teologia ‘semi-avivada’, que aceita os dons e o mover, mas não experimenta... Conheço N igrejas que admitem que os dons e o batismo do Espírto são bíblicos, mas colocam tantas regras por medo de exageros que ninguém vivencia isso... Na prática são cessacionistas... só não admitem isso na teoria...

Já vi muito cristão criticando a unção do cair e outras do tipo… e de fato é nojento ver o sensacionalismo e manipulação que certos pastores fazem…
Assustados com isso muitos pentecostais têm caído no extremo oposto de dizer que Deus não pode visitar alguém a ponto de a pessoa cair, rir, dançar…

Sabemos dos exageros, mas não vamos colocar Deus numa vasilha…

Cleber
http://confraria-pentecostal.blogspot.com

Mozart Paulino disse...

Ednaldo, Paz,

Para o seu estudo sobre a posição cessacionista, acesse meu artigo:

Estudo Preliminar sobre Dons Espirituais Segundo a Posição Cessacionista

Link:
http://teologiadagraca.blogspot.com/2008/04/estudo-preliminar-e-pessoal-sobre-dons.html

Esse artigo na verdade é uma declaração doutrinária na época que eu era cessacionista.

Não tenho nenhuma experiência com dons tidos como extraordinários, e sim de pastor e mestre.

Se porventura o Senhor quiser me agraciar com manifestações de línguas ou outras, eu e minha esposa ficaremos gratos. Mas entendo de maneira bem clara quando o apóstolo Paulo diz "...segundo a vontade do Espírito Santo..".

Quando digo que sou ex-cessacionista, não é por ter experiência, e sim, por uma análise sem preconceito das Escrituras Sagradas.

E olha que fui batista cessacionista por mais de vinte anos, e pastor por onze.

Agora, quanto aos dons, estamos na dispensação do Senhor.

Paz

Mozart Paulino disse...

Gutierres, Paz,

Tomei a liberdade de copiar seu artigo no meu blog por considerar de muita relevância.

No texto foi mencionado a fonte do seu blog.

Abraços.

Dimas Spanier disse...

Interessante!
Como é fácil julgar o próximo, Segundo o “PR” Ciro Sanches ele julga o reté ou repleplé como um parecer, acredito fielmente que este pastor é gelado ao extremo e quem o apóia idem, vai ver é até analfabeto.Mirian passou a mão no tamborim cantou e dançou, com certeza foi um reteté daqueles ou repleplé, ou eu estou errado? Estes pastores do tempo da zagaia precisam pedir sabedoria pra Deus e cair no reteté pra desenferrujarn estão feito cadáveres sentados nos púlpitos e quando tem uma oportunidade fala mal de todas as denomições e julgam como que fossem juízes, eu nunca vi o Espírito Santo usar alguém no púlpito pra dizer mal de outra denominação eclesiástica. Quer entrar no reteté? Levante as três da madrugada e ora, faça jejum, vá ao monte orar e pare de falar mal do próximo e vá evangelizar e seja também caridoso em visitar aqueles que estão com fome, tanto espiritual como material. Não gostou do pega pode desabafar. Spandim48@yahoo.com.br Vê se tenha a hombrildade de colocar aqui o meu comentário.

Victor Leonardo Barbosa disse...

Importantíssimo artigo irmão Gutierres. Isso que você falou é uma grande verdade. Infelizmente poucos são aqueles que verdadeiramente buscam servir à Deus como relatado nas Escrituras.

Eu não concordo com as afirmações que Deus ficaria reduzido de seu poder ou magnitude se seguíssemos o que está escrito, pelo contrário. Se existem certas coisas que ainda nem entendemos plenamente com relação à Bíblia, quem somos nós para afirmar que devem,os buscar ver o tal de "retété" que nada mais é do que uma subcultura pentecostal.

Abraços irmão e Paz do Senhor!!!

Marcos Vieira disse...

Prezados blogueiros, saúde e paz!
Percebo que os comentários deste post, em sua maioria, são visivelmente passionais. Parece que o tal do retete tem provocado muitas seleumas no meio pentecostal. Apesar de estar olhando para o tema do lado de fora, permitam-me sugerir uma antítese a competente tese apresentada pelo Gutierres, visando uma avanço dialético para o assunto. Aí vai: e se pensássemos no retete não somente com um olhar teológico, mas também com um olhar sociológico. É inegável que nossa praxis cristã é influenciada pela nossa cosmovisão. Essa por sua vez é determinada, entre outras coisas, pela condição social, nível de escolaridade, etc... Tenho a impressão que, embora haja exceções, a grande maioria dos focos de retete está na periferia, na área muitas vezes marginalizada das igrejas. É claro que sua influência atinge outras camadas sociais, mas eu ouso classificar esse movimento como a voz da periferia. (Guardadas as devidas proporções, seria mais ou menos como o movimento RAP que embora seja tocado nas festas burguesas tem sua raiz e sua identidade no ambiente da periferia). Ele não seria um grito por inclusão? À medida que o fator legitimador do retete é uma experiência direta com o divino, acessível a qualquer pessoa, sem a necessidade de um teologizar elitista e seletista, o crente pobre e inculto encontra espaço, relevância e voz num ambiente denominacional que cada vez mais o discrimina. Faço como minha a opinião do Zwinglio (nome sugestivo) sobre o perigo de, em nome de uma ortodoxia eu estabelecer uma elitização intelectual da fé. O que mais causa admiração nos tradicionais quando olham para a Assembléia de Deus é justamente essa capacidade que ele teve de se infiltrar em todas as camadas sociais e atingir as mais variadas pessoas. Proponho um olhar para o retete, a partir do significado teológico, litúrgico e sociológico dos seus próprios adeptos. Unidade na diversidade. Não percam essa riqueza não meus irmãos. (Obs.: O contraponto é somente para a reflexão) Abs.

Jefferson disse...

É um assunto polêmico.
Deus age de maneiras diversas em diferentes pessoas segundo a vontade do Espirito Santo. É obvio que existem os exageiros em todos os setores, alguns que não sabem nem o que é batismo no Espirito Santo ficam lá pulando de um lado pro outro acertando todo mundo e achando que isso demonstra TOTAL espiritualidade, e outros que simplesmente não abrem espaço para o Espirito Santo e ficam só lá parado criticando os outros.

Já vi isso na igreja na qual congrego(Igreja de Deus, denominação pentecostal muito parecida com a Assembleia com algumas diferenças sutis).

Mais uma vez eu gostaria de voltar ao ponto do equilibrio, o ponto da temperança. Sem exageros de nenhuma parte. Deixar o Espirito Santo agir é fundamental, mas explicar bíblicamente o que é o Espirito Santo, a forma que ele age, a função dele nas nossas vidas é igualmente fundamental.

A experiência de "Sapatiar" "Cair no Espirito" "Aviãozinho santo" são ao meu ver possiveis formas de atuação do Espirito Santo. Eu já vi homens machões que se achavam os tais tendo esse tipo de experiência, e foram transformados ao se quebrantarem perante Deus. Algumas pessoas precisam aprender a serem como crianças diante de Deus pois sem ele nada somos.

Eu não gosto de ditar regras de como o Espirito Santo deve agir, mas bem sei que Jesus nos orientou a buscar o conhecimento bíblico e existem várias orientações sobre o que é o Espirito Santo, como ele age e qual é a sua função para igreja. É dever de todo lider passar isso adiante, e é dever de todo crente buscar esse conhecimento afim de ter experiências genúinas e crescimento espiritual por toda a vida.

Parabens pela matéria!!!!

João Paulo Mendes disse...

Paz do Senhor,

Mais uma vez temos que concordar com esse episódio que retrata uma trágica marca da igreja atual.
Se os cristãos não retornarem às escrituras de forma EQUILIBRADA, pois o fundamentalismo às vezes é o que alguns abraçam ao fugirem do reteté, certamente a igreja dacairá ainda mais e, modelos de autênticos cristãos serão raros e marginalizados.
Nos dê o Senhor graça e disposição para atuarmos como formadores de opinião no sentido de encorajarmos os cristãos a serem cristocêntricos.

Abraço,

www.joaopaulo-mendes.blogspot.com

Sidnei Gomes disse...

Irmão Gutierres, é bom frisar que o texto citado como sendo do historiador Isael de Araújo foi pragiado do livro "Mais erros que os pregadores devem evitar", com pequenas variações (confira as páginas 45 e 46 do referido livro).

Sidnei Gomes, da Lapa, São Paulo

Cleber disse...

Victor,
os pentecostais (do reteté) buscam servir à Deus como relatado nas Escrituras.
Infelizmente como é um movimento marcante em igrejas periféricas raramente eles tem uma "fé intelectualizada".

Por outro lado, mesmo sem os exageros do reteté os pentecostais costumam ser criticados pelos reformados em valorizarem muitos os dons espirituais, especialmente as línguas estranhas.

Tbm são criticados pelas experiências espirituais como cair no Espírito, dançar, rir.

O curiso é que não há nada na Bíblia que desabone essas práticas pentecostais, pelo contrário!

Ou seja, Deus não fica reduzido se seguirmos o que está escrito, pois é exatamente isso que os pentecostais fazem.

Deus fica reduzido se inventamos regras "litúrgicas" pra tentar controlar o mover de Deus.

Proibir que se fale em línguas, proibir alguém de pular no Espírito, proibir de profetizar, etc...
Tudo isso são regras humanas.

O que me chama atenção é que muitas igrejas proíbem as profecias com a desculpa de "evitar exageros".
Estão indo além da Palavra. A Bíblia manda julgar e não proibir.

PS.: tenho o pé atrás com igrejas que proíbem o dom de profecias. Acho muito suspeito. Seria algum medo da liderança de serem descobertos em algum pecado?

Cleber
http://confraria-pentecostal.blogspot.com

Sidnei Gomes disse...

Prezado "IR." Dimas Spanier (E.A.G.),

A sua linguagem o denuncia... Pelo que vejo, o "IR." nutre sentimentos negativos pelo "PR" citado. Não foi o "IR." quem criou aquele "maravilhoso" blog "O Xis da Questão" só para caluniar um certo "PR"? Belo trabalho!

Como se vê, está faltando hombridade a alguém... E não é ao estimado Gutierres, com seus pertinentes comentários, nem ao "PR". A quem será? Eis o X da questão...

Amado Gutieres, parabéns pelo artigo! Ele ajudará abrir os olhos do povo.

Sidnei Gomes
www.adlapa.com
(visitem o nosso site; todos os domingos transmissão do culto)

Gutierres Siqueira, 19 anos disse...

Amados irmãos, a paz do Senhor!


Esse post gerou muitos comentários interessantes e importantes para a discussão sobre o tema. Por esse motivo, ainda hoje estarei publicando um pequeno texto complementar sobre o assunto, englobando temas aqui levantados, tais como: “Limitação da ação do Espírito diante do liturgismo”, “Aspectos sociológicos do fenômeno ‘reteté’”.

Jogador disse...

Concordo inteiramente com o irmão ao mostrar o excesso que ocorre em determinados cultos, que tiram a racionalidade e a objetividade do louvor estrito à Deus. Como assembleiano desde criança, e tradicionalista, me preocupa este costume, alertado desde Paulo.

Em relação aos ritmos usados "som de batuques", queria mostrar minha visão que o problema não é o ritmo, mas o que os irmãos fazem dele. Discordo de algumas pessoas que dizem que este ou aquele som são de Satanás ou do diabo. Ele não é criador nem dono de nada, é um ladrão e enganador.
Creio que todos os ritmos foram feitos por Deus, podem e devem ser usados para Seu louvor, desde que haja descência e ordem.

Fabio disse...

Com relação aos comentários:
Engraçado como as pessoas que não são da "periferia" se acham no direito de julgar as pessoas com menor instrução/poder aquisitivo.

Não nos esqueçamos da nossa natureza... sejamos humildes...

Outra coisa, reflitam sobre o texto de Romanos 14.. o apóstolo Paulo se refere aos alimentos e aos dias da semana, mas são ensinamentos que ao meu ver encaixam-se ao julgo das práticas feitas pela fé.

Com relação ao texto:
Acho válido instruir os irmãos que não possuem conhecimento da Palavra, para que busquem este conhecimento. Mas não creio que devemos desvalorizar ou minimizar as manifestações do Espírito. Já vi gente dançando forma que, ao meu ver, não parecia ser de Deus. Mas quem sou eu para julgar? Já tive uma experiência sobrenatural com Deus. Acredito que muitos que estavam presentes naquele dia acharam que eu estava fingindo. Mas eu vivenciei. Sei que era real. E isso edificou muito a minha fé, além de trazer muitos frutos na semana seguinte... várias pessoas (não Cristãs, que nem imaginam que existem manifestações do Espirito Santo) vinham me pedir conselhos, desabafar sobre algum problema, etc.. Tive várias oportunidades de evagelizar..
Não me orgulho por isso, pois sei que não fui eu quem fez isso... dou glória a Deus por me oferecer essas oportunidades de fazer a vontade dEle.

Um abraço!

Isabela disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Isabela disse...

A Paz irmaos, ao ler este artigo me espantou o fato de compararem certos ritmos musicais ao do candomblé, quero assegura-los de que há muitos ritmos cristaos , entre eles :forró e axé , cabe a cada um o meio a qual se quer adorar a Deus , que nao cabe a nós julgar , rir , pular, dançar sao demonstraçao de alegria , pois devemos nos alegrar no Senhor. E me desculpem , mas se você nao sente este tipo de manifestaçao em que o Espirito Santo se manifesta através de nós com gemidos inexprimiveis , não julguem , pois ser contra um manifestar de Deus sem ter certeza do que estamos assegurando pode ser blasfêmia ... entao , cultuem a Deus da sua maneira , Deus trabalha e se manifesta na vida de cada pessoa de uma maneira diferente.

Deus abençoe a todos!

francisco disse...

os dons são para edificação da igreja, estão não nos preocupemos,pois com danças,ritmos,louvor etc.....
a obra que não for de DEUS,não prosperará....
o que realmente a igreja precisa, é sair das quatro paredes e evangelizar, e fazer o social.
amém irmãos.

Silas disse...

Dentro do Pentecostalismo tudo é possível. A verdade é que, com sua ênfase na experiência, o o pentecostalismo, peca pela base: não liga muito - ou nada - para o que diz a Palavra de Deus. O pentecostalismo não tem o freio da Palavra, logo qualquer coisa é válida. O que se vê agora nos arraiais pentecostais é o desenvolvimento natural da "teologia" pentecostal. Tenho dito sempre que no dia que uma igreja pentecostal resolver obedecer as diretrizes paulinas para o exercício dos dons espirituais no culto, deixará de ser pentecostal e tornar-se-á uma igreja, como dizem por aí os adepetos do erro pentecostal, sim, uma igreja tradicional.
Se isso causa escândalo, é só o "começo das dores"! Piores coisas virão. Por isso digo aos que tem ouvidos para ouvir: abandonem esse movimento e retornem à Bíblia, buscando qualquer igreja "tradicional", ou seja fiel à Biblia, para se congregarem. Ainda há tempo.

ELIZEU BRITO disse...

lucas,c12:v10 diz:E a todo aquele que proferir uma palavra contra o Filho do homem, isso lhe será perdoado; mas ao que blasfemar contra o Espírito Santo, não lhe será perdoado.
e marcos,c3v29e30diz:mas aquele que blasfemar contra o Espírito Santo, nunca mais terá perdão, mas será réu de pecado eterno.
30:Porquanto eles diziam: Está possesso de um espírito imundo.
-portanto acho que as comparações feitas neste blogger,vão ao estremo,julgando assim uma forma de adoração!.tudo bem que há coisas que eu ñ concordo, mas sou pentecostal e acho que:pular,rir,dançar,rodar,louvar e outros que convên, são formas de adoração!sendo assim cabe a cada um escolher a forma q quer adorar a DEUS.
e outra que,minha igreja é pentecostal e estuda a biblia muito bem!ñ só a minha mas muitas outras que eu conheço. Quero dizer aos queridos irmão que:adorem a DEUS com ordem e deçêcia,mas ñ deixando de manifestar a alegria que sentem ao sentir o espirito santo, pois onde o espirito de DEUS está há liberdade!!concordo com o nosso irmão JEREMIAS:acho que o fato de vc ter um aparelho de tv em casa ñ significa que vc ñ irá para o ceu,é só saber usar e assistir coisas que ñ venham lhe fazer desfalecer na fé e na caminhada evangelica!e comcordo totaumente com os irmãos:francisco E ISABELA!estão totaumente sertos!!e acho que si o espirito de DEUS se move assim em mim com:saltos,gritos de gloria,louvor,risos...ñ há quem vá mudar!. agradeço a todos pela atenção de ler meu depoimento apaz para todos , viva CRISTO e viva a democraçia religiosa!!!!

EU MEMSO disse...

Anonimo
Eu acho que todos vcs que criticam o retete, deveriam para de falar mau, e se converter, e cuidar de si mesmo, pois Deus age como quer, é logico que tem gente que exagera mais quem somos nos para julgar, nao somos nada , somos apenas servos, e servos do Senhor e deveriamos olhar somento para o alvo que é Jesus Cristo, e pararmos de criticar uns aos outros, porque Jesus esta voltando para buscar um povo santo e remidos e de boas obras amém;.

Bê Soare'Z disse...

Com certeza quem fala ,fala sem conhecimento de causa!
Pois eu costumo ir nos cultos de mover grande do espírito SANTO ,com curas milagres ALMAS QUE SE CONVERTEM , a bíblia é clara que os sinais seguiram aos que creem !
Intão se quem escreveu isso ai crer vai pedir a DEUS pra mostrar o que é de FATO de DEUS,por além de tudo a bíblia deixa claro '' CONHECER O SENHOR E PROSSEGUIR EM CONHECE-LO'' e além de tudo tenham certeza se não for de DEUS é extinguido e se for de DEUS permanece e além de tudo DÀ fruto e almas aceitam o evangelho que sacodi corações e traz perdão aos cativos e salvação as almas. Bjs Agradeço!

Marco José da Silva disse...

Ontem a noite foi realizado em nossa Igreja (INSJC) um culto com o tema "ENCONTRO DOS VASOS" varias denominações foram convidadas e achei o encontro terrível, pois ventos de doutrinas têm sido assolados dentro das Igrejas e levado ao extremo. Tirando assim o foco do Cristianismo autêntico.
O RETETÉ foi colocado como uma mistura de sagrado e profano. Estou preocupado com o futuro dessas denominações que fazem uso desse devaneio e espero fazer algo para cura desta forma de cultuar ao nosso Deus.
Preciso saber mais sobre esta forma de manifestação e espero que o pastor mim ajude a entender isso.
Saudações no Senhor Jesus Cristo.

assembleiabelem disse...

VEJA O QUE SIGNIFICA RETETE:

http://assembleiabelem.br22.com/superforun/index.php?topic=9538.msg9714#msg9714

ACESSE NOSSO SITE

www.assembleiabelem.br22.com

ANA PAULA disse...

EU,ANDO MUITO DECEPCIONADA COM MUITOS EVANGÉLICOS.ESTÃO USANDO COM MUTITA FRQUÊNCIA O RETETÉ E FAZENDO DA IGREJA UM NOVO POINT.QUANDO SAIMOS DE ALGUMA IGREJA PORQUE NÃO CONCORDAMOS COM ALGUMAS COISAS ALGUNS PASTORES PARAM DE FALAR CONOSCO E SE DEIXAMOS DE PAGAR OS DIZÍMOS POR ALGUM MOTIVO AÍ ELES NÃO FALAM MESMO.AÍ ESTÁ O MEU COMENTÁRIO.

Anônimo disse...

Deus é sobrenatural irmãos. Só o sangue de Jesus para liberta-los dessa incredulidade... Isso é coisa de quem não crê.

Miss.Pricilla martins disse...

A paz PARA todos,meus irmãos as coisas de Deus só são discernidas,para quem são espirituais mesmo,estou na fé a mais de 14 anos,quando eu vi o famoso reteté como falam fiquei aterrorizada,pensando que eu estava no centro de macumba ou outra coisa parecida,eu criticava exageradamente este fato, foi quando eu tive uma revelação profunda da parte do próprio Deus chorei muito pedi perdão a Deus,e logo o senhor começou a me tomar nesses mistérios,foi uma experiência muito pessoal,eu ñ posso mudar o raciocínio de ninguém como ñ poderão mudar o meu,pois só quem pode fazer isso é o ESPÍRITO SANTO DE DEUS,se isso for só um modismo como dizem vai passar,vai se acabar,o tempo esclareceras tudo,as coisas espirituais só se discernem pra quem é espiritual,se for natural ñ entendera nada.amém Deus abençoe a todos.
Miss.Pricilla martins

Eliana Cadete disse...

gloria a Deus amado irmão por esta mensagem esclarecedora acerca desta bagunça, meninice que muitos chamam de reteté. todo este movimento não passam de algo demoniaco satanico. que Deus tenha misericordia das pessoas que cultuam tais praticas.

Luiz Carlos disse...

Oh irmão e paz graça olha o irmão está certíssimo,a biblia não relata nada sobre o Tal do retete a biblia diz que é com ordem e decência muitas das vezes o povo que estar lá estão vazios e o meu Deus não Deus de bagunça e nem de confusão bom dia Luis Nunes.

Anônimo disse...

confesso que no tempo em que eu aceitei a jesus o espirito santo , a unção de Deus caia sobre as pessoas levando a todos a chorar de alegria era uma alegria gostosa verdadeira vindo do mais profundo do coração as línguas estranhas vinham com ordem e descencia em tudo havia moderação e controle de espirito , pois a palavra diz que aquele que não pode controlar , ter domínio próprio para dominar o seu espirito é como uma cidade derrubada que não tem muro provérbios cap 25 e ver 28 essa invenção do retété , ou repléplé ,apareceu de uns tempos desses para cá ao tempo que o amor foi esfriando a ordem de descencia foi acabando e o retété ou repléplé imperando levando as pessoas a se entroncharem a fazerem careta a se descabelarem a pisotearem os pés dos outros a darem braçadas nos seios dos outros a darem corropíos rodopios sapateados desenfreados pulos demasiados e extravagantes envolvendo até mesmo riscos de acidentes para si proprio e para quem esta por perto, gente!!!! se é isso que se chama de ordem e descencia? se essa moda pega em todos os que estão dentro da igreja, a igreja fica semelhante a cavalaria da força pública então reteté so traduz uma coisa desordem e repleplé traduz outra,
indescencia eu ja vi crianças chorar de medo pedindo para ir para casa, visitantes dizendo que se soubesse que era assim não tinha ido para a igreja tinha era ido para um xangó.
então sera que o reteté e o repleplé é um mal sem cura ?
não a palavra diz provai se os espiritos ou seja os espiritos das pessoas são de Deus,a palavra manda seguir o exemplo de jesus
porventura a biblia fala que jesus se alegrando no espirito santo rodopiava, rodava, sapateava,fazia aviõezinhos de crianças pequenas
se intronchava igual quem recebe caboclo brabo?a biblia não relata que jesus fazia charminho algum se essas invenções fossem biblicas com serteza os pastores deveriam ser os mais sapatiadores possiveis, mais coitados de alguns pastores temem, é que esse descontrole de espirito seja generalizado e venha a ser um mal que não tenha cura.

Edna Lima disse...

A Paz do Senhor Jesus...
Gostei muito do estudo. Vivemos hoje longe do verdadeiro Evangelho de Cristo com esses modismos, essa bagunça dentro das igrejas... Quando eu sinto a presença de Deus minhas lágrimas correm dos meus olhos, meu coração arde em aprender mais da palavra de Deus...Já questionei com os Pentecostais qual a base bíblica para tanta bagunça nesses cultos, também a maneira que eles se expressam, como por exemplo, gritarem "...Queima Jeová..." Alguns entram em dividas porque são filhos do Rei Jesus, depois não sabem como pagarem suas dívidas e dizem que são movidos pela fé...
A paz... Voltemos ao verdadeiro Evangelho de Cristo....

Anônimo disse...

Magno; Jesus disse, se com as coisas terrenas se escandalizam imagina com as coisas espirituais. acho que cada um tem que viver segundo sua fé se irmão do retete vive bem assim problema de cada um devemos adorar a DEUS em espirito e em verdade cada um na sua fé, seremos julgados pelo que sabemos e pelos nossos atos.
Ao invés de ganharmos almas vamos nos preocupar com um irmão que pula, sapateia, é aviãozinho, rola no chão, que é eu e você para julgar, será que já ta salvo o teólogozinho sabichão, pensa que sua faculdade e sua sabedoria vai te salvar. Pelo contrario irmão o que salva é a misericórdia de CRISTO JESUS. Devemos amar uns aos outros indepedente da ação não somos nada nem muito menos Juiz. Ame, ame ,ame o amor muda tudo....................................................................................... Suas palavra pode lhes condenar................

nathalia cristina disse...

nathália cristina sou de cambará pr assembléia da madureira.
Olá pessoal sei que existem muitas pessoas que entram no reteté de jeová por embalo ou por carne.
Mas eu sendo uma grande serva de Deus e Deus sabe posso dizer por expêriencia própria o reteté de jeová existem sim e acho que antes de escrevermos algo que desagrade a Deus devemos não só ler as passagens mas buscar entendimento com o espirito santo,pois muitos servos de deus dançaram e cantaram na presença do senhor.
E muito lindo o reteté de jeova mas é para poucos.
É fogo pentecostal e não deve ser tratado como dança de umbanda ou algo do tipo.

nathalia cristina disse...

reteté não dever ser tratado como macumba ou coisa do tipo vamos ler mais a biblia cada um tem o modo particular com o espirito santo de Deus deixa que Deus julga as tua obras.

Anônimo disse...

concordo com a amiga nathalia quem ta na carne vai prestar conta com Deus, muita das veses prestamos tanta atenção nos crentes nos nossos irmão que esqueçemos o que vinhemos faser aqui qual é o nosso dom.