Pesquisar este blog

Carregando...

domingo, 12 de setembro de 2010

Os desafios do ensino nas igrejas pentecostais

  1. Na prática, infelizmente, muitos pentecostais valorizam mais suas experiências do que as verdades expostas na Palavra de Deus. Se um ensino bíblico contradiz a “experiência com Deus”, normalmente o pentecostal tende a ficar com a experiência. “Ah, Deus me falou” dizem eles, e assim encerram a crítica que qualquer um faça baseado nas Sagradas Escrituras.

  2. Baixa leitura da Bíblia. Esse problema não é exclusivo dos pentecostais, pois já tive contato com inúmeros tradicionais analfabetos bíblicos. Agora, nas igrejas pentecostais há pouco empenho para que esse quadro se reverta, começando da própria liderança. Quando a liderança não dá o exemplo os membros vão mal.

  3. Baixa leitura geral. O exclusivismo dos pentecostais isolou o grupo no antiintelectualismo. Hoje isso mudou bastante, mas ainda assim se lê pouco. Na verdade é um problema do Brasil. É impressionante com a educação neste país não é prioridade somente dos governos, mas também das famílias.

  4. Denominações e lideranças que mais valorizam estacionamentos, templos luxuosos, campanhas eleitorais, eventos grandiosos e outros desperdícios do que o investimento no ensino.

E assim vamos indo.

6 comentários:

L. H. Dessart disse...

E assim vamos indo, ou pior, ficando...ficando estagnados no desenvolvimento espiritual e intelectual.

Quanto mais pessoas entenderem estas dificuldades, e se posicionarem contra o fraco investimento em ensino em nossas igrejas, talvez este quadro mude em algum tempo. Deus nos auxilie nesta obra!

Abraço!!!

André C. disse...

Geralmente, quando vc argumenta algo com um pentecostal utilizando-se das Escrituras, ele irá lhe dizer que "a letra mata e o Espírito vivifica". é provável que ele fale também que vc é soberbo.

Philadelfia - Evangelismo e Louvor disse...

Paz, Nobre Guitierres!

O texto é bom e realístico. Vou postá-lo em nosso blog, com os devidos créditos (é obvio!). Caso não aprove, favor deixar um recado que retirarei imediatamente.

Em Cristo,

Philadelfia - Evangelismo e Louvor
www.evangelismoelouvor.com

Alvaro disse...

Realmente nossas denominaçoes estão caminhando neste contexto ,e por isso muitos vão sendo levados pelos "ventos" que muito tem assoprado ultimamente.

Dayan & Felipe Comunicação disse...

Eu sou um exemplo de pessoa que nao ler a bíblia, pois fico com duvidas e nao tenho coragem de expor minhas duvidas para pessoas que crêem que uso e costumes é bíblico ou que fazem simpatia com livro sagrado! Prefiro continuar na caverna!

JESUS ESTÁ VOLTANDO disse...

Apaz do Senhor!
O irmão já meditou na conversão de Saulo de Tarsso? Está no cap. 9 de Atos dos Apostolo. Parou para refletir quem era Saulo de Tarsso? Homem culto, conhecedor das Escrituras, Doutor da Lei,Trazendo para os nossos dias Ele seria considerado mais que um Bacharel em teológia ou um Teológo, creio que seria considerado o mais alto grau dentro do Evangelho atual, devido a sua cultura que era elevadíssima. No entanto nem todo seu conhecimento secular e a respeito de Deus, que tinha, não foi suficiênte e capaz de abrir os seus olhos para reconhecer o Senhor Jesus Cristo.Por que Cristo apareceu a ele? Por que teve ele que passar por essa experiência pessoal? Deveria ele valorizar essa experiência ou não? Se ele não valorizasse essa experiência pessoal seria ele hoje conhecido como Apostolo Paulo? Se Deus é o mesmo hontem ,hoje e sempre estaria ele limitato a alguns conceito e preceitos humanos para não salvar hoje muitos Saulos de Tarsso? Que são pessoas cultas instruídas e até mesmo com formação teológica como Saulo de Tarsso, mas que não são capaz de reconhecer Deus na sua simplicidade, e por isso na sua missericordia O senhor JESUS vai ao encotro de tais pessoas que ainda precisão ser salvas e lhe proporciona uma experiência marivilhosa, inesquecivel, extraordinária como foi no caso de Paulo. Ou Será que Deus Só privilegiou Saulo de Tarsso? E se fizermos uma avaliação sincera isso tudo esta escrito nas escrituras, todas experiências pessoais com Deus, ela tem respaldo Bíblico.
MEDITE NISSO SEM NENHUM PRECONCEITO
FIQUE NA PAZ