Pesquisar este blog

Carregando...

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Os dez piores livros do mundo evangélico

Escrevo este post sobre, na minha opinião, aqueles que foram os dez piores livros que fizeram (e fazem) sucesso no cenário evangélico brasileiro. Não escrevo com o intuito de proibir a leituras dessas obras, logo porque não tenho poder para isso e nem cultivo essas pretensões autoritárias. Sou contra Index Librorum Prohibitorum (Lista de Livros Proibidos) e acho que devemos ler esses textos para ver o nível de baboseira que os evangélicos já produziram.

  1. A Divina Revelação do Inferno”, de Mary Baxter (Danprewan Editora)

Quando as pessoas vão descobrir que a única “divina revelação do inferno” já está na Bíblia e que não precisamos de acréscimos?! O evangélicos ainda correm grandes riscos acreditando em revelações extrabíblicas.

  1. Orixás, Caboclos e Guias”, de Edir Macedo (Editora Gráfica Universal)

É a velha ladainha de uma “teologia” criada a partir de experiências pessoais e conversas com demônios. Coisa no mínimo estranha! Será que o Edir Macedo não foi possuído por algum demônio do aborto?

  1. Ele Veio Para Libertar os Cativos”, de Rebeca Brown (Editora Dynamus)

Um livro escrito por uma pessoa desequilibrada emocionalmente, segundo os seus próprios médicos, e que deixou muita gente de mesma forma.

  1. Há Poder Em Suas Palavras”, de Don Gosset (Editora Vida)

É a velha tese da “confissão positiva”, sendo uma mistura das heresias da Ciência Cristã com psicologia de quinta e exegese de vigésima categoria.

  1. O Nome de Jesus”, de Kenneth Hagin (Graça Editorial)

Esse é o clássico da confissão positiva e das baboseiras saídas da mente fértil de Hagin. Distorce a redenção de Cristo, cria uma fé na fé, usa metodologia da Ciência Cristã e baseias seus ensinos em uma suposta conversa com o próprio Jesus Cristo. Uma verdadeira tragédia.

No próximo post continuo com a saga...

13 comentários:

Anônimo disse...

Gutierres, lembro da época em que li o Divina Revelação... Estava no auge. Todo mundo só falava nesse livro. Dadas as devidas proporções, parecia um filme de hollywood próximo ao lançamento. Ao ler, fiquei assustado com tanto horror e pela riqueza dos detalhes, como quando ela fala dos vermes atacando os esqueletos ou quando ela foi ao coração do inferno. Tava mais pra CINE TRASH, o terror das tardes, lembra? rsrs Lembro q nunca tive tanto medo de ir ao inferno. Confesso que por um certo tempo funcionou, fiquei bem mais crente rsrs. Óbvio que por um meio nada muito cristão, o que logicamente não durou muito. Mas toda vez q tava "esfriando", ia lá e lia de novo e nada de Bíblia. Com o tempo e com as várias leituras, fui percebendo as inúmeras incoerências presentes no livro, tanto que acho que este é o meu livro mais riscado, sublinhado, etc. No decorrer da obra ela mistura alma com espírito, humaniza o tal espírito ou alma, sei lá, por exemplo, diz q embrulhava o estômago, tremia de medo,a respiração ficava ofegante. Como? Acho que o espírito pode até sentir medo, mas estas reações são respostas do sistema nervoso, impossível de ocorrer em um espírito, que diga-se, não tem estômago ou pulmão. Também choquei com a frieza e impotência do Jesus do livro, que a abandonou covardemente aos demônios, a ponto de ela quase "morrer". Enfim, só pra ficar nessas, afinal li faz mais de 10 anos e não tô com ele aqui. Ah, outra coisa, ela dedica 4/5 do livro a descrever o inferno e apenas um pequeno apêndice para o céu. Se bem que depois, ela também deve ter notado isso (ou foram as críticas?) e acabou lançando a Divina Revelação do Céu. Mas não parou por aí, lançou A Divina Revelação: 1) da Guerra Espiritual, 2)da Libertação, 3)da Oração, 4)dos Anjos 5)do Sangue, ufa! Imagina o faturamento, hein? Qual será o próximo? Há algum tempo, me questionava se ela haveria planejado tudo isso, ou se realmente, mesmo q como uma alucinação, tivesse realmente sonhado. Mas, por que não distribuir os livros gratuitamente? Tenho certeza que conseguiria patrocínios de muitas igrejas, vide as recomendações na contracapa do livro, entre elas, de Paul (ou David) Yong Cho, ou mesmo vender por um preço mais acessível. Acho que na época, comprei por 20 e poucos reais e nos tempos áureos do real. Hoje, se encontra por até 36,00. Livros de Stott e Chesterton por quase metade do preço (sem comentários). Enfim, não tenho a pretensão de julgá-la.
Já vi muitas listas de melhores, mas não lembro de ter visto de piores. E apesar de só ter lido o da Baxter e o da Brown, achei excelente a idéia deste post. Como vc colocou, posso até vir a ler os demais, mas com as antenas ligadas hehe. Também sou contra o Índex, mas lendo certas "obras" por aí, meus impulsos autoritários tendem a aflorar. Mas que bom q não tenho este poder. Quanto a vc, Gutierres, parabéns pelo blog. Apesar do meu pouco tempo, continuo leitor assíduo pela qualidade e dimensão (rs) dos teus posts. (Tem uns blogs por aí q parecem querer postar tratados, bem parecido com esse meu comentário rs. Eu os entendo). Estou ansioso pela segunda lista. Continue nessa força. Que Deus o abençoe. Davi (RJ)

carlos disse...

essa lista sua aí tem que ser aumentada meu caro,é muito livro ruim,mas bota ruim nisso por aí que dá pra mais de metro sô.

Paulinho Adorador disse...

Muito interessante o post.
Destes que estão aí só li o da Rebeca e o do Edir. Não tenho interesse em ler os outros.
Aliás o livro do Edir tá mais pra apostila sobre os guias da macumba. É no mínimo péssimo. Não sei qual foi a intensão dele com o livro, mas sei que não foi pra edificar a igreja. Será que ele sabe o que é isso (igreja)?

Blog do SEMEC disse...

"acho que devemos ler esses textos para ver o nível [...]"

=================

Parabéns, irmão Gutierres pelo post. É preciso lê (quem quiser e puder) esses livros, até para fazer um juízo de valor, ser crítico (no sentido estrito da palavra). Tem muita fantasia, esquisitice, falsa teologia por aí.

A nossa recomendação é para que se optar por ler tais livros, é necessário ter um certo amadurecimento cristão, para lê com discernimento e conhecimento bíblico, senão, confunde, e a "vítima" entra em parafuso (além de gastar dinheiro e entregá-lo para o autor que muito agradece.)

Na verdade, essas pessoas que dizem ter esse tipo de experiência, a grande maioria estava com sérios problemas espirituais, outros até afastados do Caminho.

Eu, em particular, quero ter as visões do celestial, do gozo inefável; esse negócio de ir ao inferno, não, esqueça...

Quando tinha +/- 12 anos de idade tive um sonho com as "bodas do Cordeiro", e só fui entender bem mais tarde, no tempo do seminário , estudando a Bíblia, principalmente, Escatologia. Foi um sonho lindo, magnífico, com detalhes extraordinariamente bíblicos. Mas, inferno... não...

No amor de Cristo,
Um forte abraço.

Pr. Ezequiel/Diretor

Anônimo disse...

Olá, gostei bastante do seu blog, muitas materias abençoadas. Visita o meu. Caso vc goste, pode colocar o link no seu blog para divulgação, ok?

Deus te abençoe varão.


http://asombradacruzvazia.wordpress.com

Rico Cheng

A Tua palavra é A Verdade ! disse...

Olá, graça e paz.

Eu sei que ninguém pediu conselho algum mas eu vou dar um conselho assim mesmo,NÃO PERCAM SEU TEMPO LENDO ESSES 'LIVROS' ,se por acaso o fizerem NÃO FAÇAM ISSO EM PÚBLICO, se houver algum 'crente' que lê a bíblia por perto ele vai pedir para jogar esses livros no lixo, ou melhor , queimar ou rasgar, conheço pessoas que este tipo de 'literatura' acabaram com suas vidas, sem falar na bíblia DAKE.

Um abraço.

Iveraldo Pereira.

Anônimo disse...

gostei muito dos assuntos, acho que seria bom todos colocarem os livros que não condizem com a biblia, assim estaremos, combatendo esta palhaçada. ja li muitos livros, e sempre fica aquele ponto de interrogação, não sei até onde são confiáveis...gostaria de saber mais sobre o que diz Há poder em suas palavras...pois já ouvi até pregações sobre isto,,e tem versículos biblicos que mal interpretados alimentam este pensamento...alguém pode me instruir, por favor? Deus os abençõe.

Guilherme disse...

Esse da Rebeca Brown é tido por muitos irmãos quase como um livro de autoridade semelhante aos escritos paulinos. Lamentável...

Rubens disse...

OS DEZ PIORES LIVROS EVANGÉLICOS

Achei inteligente o título e chamativo para os leitores de livros evangélicos.

Creio que temos observado bastante e isto nos capacitará para uma nova geração de escritores. Olhando o crescimento tecnológico de nosso país, creio que precisamos resgatar uma nova geração de homens de Deus. Nosso país vai precisar mais de homens de Deus do que médicos, economistas, dentistas e engenheiros. Os sinais que vejo nisto é que alguns estão abandonando a simplicidade da fé para seguirem preceitos de homens. Líderes que foram formadores de opinião com grande expressão e liderança aqui no Brasil, tem seguido seitas como moonismo e islamismo.

Não ouso falar sobre os autores dos livros ruins. Até por que dentre os que li apareceram algumas pessoas com aparente boa intenção e possui boa reputação, procuro todo o cuidado para que no afã de uma demonstração, possa ser reprovado por Deus. Minha interpretação do Salmo 15. “Aquele que não difama o seu próximo”. É item que impede a entrada no tabernáculo eterno. Entendo sobre a necessidade de alertarmos nosso povo quanto as heresias que surgem a cada dia como a Confissão Positiva entre outras. Então há heresias e há situações de escritores que agem em um comodismo, editando livros com todo o conteúdo de outro. Assim acabam sendo reconhecidos como escritores sem que nunca Deus tivesse o orientado para tal. Como o Senhor disse a Josué. “Não te mandei eu “. O livro Apocalipse versículo por versículo, me pareceu uma cópia do Novo Testamento versículo por versículo. do Russel Chaplin. Algumas pessoas até bem intencionadas tem se projetado para serem escritores sem serem chamados. Seria como que se eu profetizasse profecias dos outros.


Sei que livro é como comida. Cada um tem seu gosto, mas eu não falaria dos ruins, gostaria de falar dos bons. 1- O Novo Testamento Versículo por Versículo, é algo que todo estudante de Teologia tem obrigação de conhecer. 2- A versão da bíblia Glow em multimídia possui uma excelente apresentação geográfica, que os professores podem fazer uso de mapas com apresentação em data show. 3- Os livros do Myer Pyerlamn são muito bons. 4- Apocalipse do Herbert Locayer. 5- Oração do Wesley Dwell 6-O Léxico do Novo Testamento Grego. É uma excelente arma, incentivaria as pessoas a procurar aprender os tempos verbais e conhecer as palavras no original. 7- Novo Testamento (2 volumes Lotar Coen) Editora Vida Nova excelente. São alguns de meus votos.

Entre os modismos acho que estas heresias apimentadas trazem prejuízo. Como determinar, colocar Deus na parede. (Isto é modismo) Por outro lado. Criticar pessoas em evidência e de outros ramos denominacionais é ter uma idéia de igreja com cerca. (isto é modismo também). Pessoas que poderia estar efetuando uma atividade pastoral de orientação estão trazendo discórdia, intriga e confusão, pois não estão julgando profecias e sim profetas. Estas pessoas são pais de modismos. Tão cedo os verão seguindo suas próprias igrejas por não suportarem correção.

Que Deus nos abençoe.
Rubens S. dos Santos

ronaldo valdivino gomes disse...

Como professor da EBD,tive que ler varias obras literarias,inclusive as citadas,c/o intuito de ensinar e orientar dos perigos de certas literaturas e de escritores que não tem nada de cristão e tudo de falso profeta.

Anônimo disse...

Bem, com relação ao "Há poder em suas palavras", não tenho coisas ruins a dizer, pois este livro - seus testemunhos e versículos bíblicos colocados no livro - me fortaleceu muito em momentos difíceis da minha vida. Não vejo este livro como um "amuleto de invocação", em que, basta falar coisas positivas para elas acontecerem. Percebo neste livro uma oportunidade de crer na Palavra de Deus como ela realmente é, com todas as Suas verdades, como uma forma de nos fazer lembrar que as promessas de Deus não estão na Bíblia por acaso e não "funciona" apenas nos tempos dos grandes personagens bíblicos, mas que Elas são para nós no mundo de hoje. As afirmações do autor não se baseiam em palavras humanas, como algumas seitas e religiões não-cristãs em que a pessoa tem que declarar coisas positivas para que elas se tornem realidade, surgindo do nada. Elas se baseiam na própria Palavra de Deus. É a Palavra de Deus que muitas vezes falam conosco em situações difíceis e quantas vezes precisamos lembrar de alguns versículos específicos,recitá-los para que a promessa de Deus esteja sempre viva em nossa memória! Devemos orar na Palavra e este livro traz situações desta natureza. Agora, concordo que existem muitos livros sensacionalistas por aí. Não concordo com as inovações das Bíblias de estudo temáticas. Bíblia é Bíblia e Ela, por si só, já traz tudo o que precisamos saber de Deus. Por quê fazer Bíblias temáticas: para comprar uma para cada membro da família (uma com tema financeiro, uma com tema da mulher, uma com tema da gestante, ...)? Também não concordo com pregações em que você tem que repetir coisas: "Fala para o seu irmão isto ou aquilo ..." Isso também é pura repetição! Quando somos levados a falar por inspiração divina, não precisamos que ninguém nos incite a falar. Falamos naturalmente por que Deus é o que nos conduz !

Paulo Lima disse...

Bem que vc poderia colocar os 150 pior livros, com certeza vai achar facil.

evandro disse...

sou pentencostal e ja li varios livros da cpad, hasou assembleiano, li recentemente o livro vinho novo de thom roberts o que ele fala desse servo de Deus bosworth não aponta nenhuma heresia vinda da parte dele, até pelo seu testemunho e acerca de hagin nem vou falar admiro benin him, e meu irmão acho que vc deve respeitar aquilo que vc não conhece seu ministério é um o deles é outro lembre-se de paulo e apolo o grande pregador persuasivo e pedro pregava aos judeus cada um tinha um ministerio diferente pelo que eu saiba esses homens pregam jesus a pedra fundamental tenha respeito ??
francisco evandro