Pesquisar este blog

Carregando...

segunda-feira, 28 de março de 2011

O anônimo!

O anônimo é um personagem interessante na blogosfera cristã. Quem ousa contestar as ideias de algum dos seus ídolos logo receberá uma linda mensagem anônima. Mas tenho algumas perguntas:

a) Por que todo anônimo escreve em CAIXA ALTA? Ora, caro anônimo, não precisa gritar para fazer apologia dos seus ídolos.

b) Por que todo anônimo assassina o português? Ora, caro anônimo, além de matar a exegese e a hermenêutica não é necessário acabar com a língua pátria.

c) Por que todo anônimo só conhece Mateus 7.1? Ora, caro anônimo, leia o texto com o seu contexto. Jesus condena o julgamento hipócrita, mas julgar (analisar) é um dever (I Jo 4.1).

d) Por que todo anônimo faz ameaças em nome de Deus? Ora, caro anônimo, Deus vai pesar a mão sim, mas sobre os falsos profetas e não sobre aqueles que despertam o seu povo.

e) Por que todo anônimo defende seu ídolo como se fosse Deus? Ora, caro anônimo, você está disposto a realmente apresentar uma apologia com mansidão, mas uma apologia da fé e não de homens?

f) Por que todo anônimo cita o texto “não toqueis nos meus ungidos”? Ora, caro anônimo, ungido somos todos nós (I Jo 2.20). E tocar, no sentido original, era maltratar fisicamente.

Portanto, caro anônimo, vai ler a Bíblia em lugar de emporcalhar os blogs com comentários nonsense.


PS: Há muito comentário anônimo que não está ligado com os comentários acima, pois alguns esquecem de assinar o nome no final da mensagem. Portanto, amigo leitor, peço que sempre escreva o seu nome para que possamos manter um contato. O espaço dos comentários é ótimo para conversas boas.

7 comentários:

Pastor Geremias Couto disse...

Caro Guutierrez:

Você disse tudo. Todavia, pior ainda é quando alguns "ícones" da blogosfera usam na maior cara de pau o mesmo recurso.

Não tenho outra forma de qualificá-los senão de salafrários!

Abraços!

Gutierres Siqueira disse...

Pastor Geremias,

Usar o anonimato para atacar não é somente um erro de internauta, mas falta de caráter mesmo.

Abraços!

Reinaldo Cesar disse...

A paz do Senhor! Meu amado Gutierres, já sofri muito com anônimos, e é triste que alguns usam esse recurso para denegrir, e as vezes até espalhar mentiras usando palavras de baixo nível, é lamentável, e são piores do que os Fariseus, que interpretavam a palavra para seus propósitos, (sepulcro caiados). Todo o comentário é bem vindo mesmo de um anônimo, desde que seja para edificação. Concordo com tudo o que você escreveu e estarei colocando esse texto no meu blog, se você permitir é claro!. Colocarei o endereço da onde ele foi copiado.

Fique na Paz do Senhor e Que Ele possa te abençoar a cada dia. estarei orando por você.

Victor Leonardo Barbosa disse...

Excelente post mano,

Como disse o Pr. geremias, você disse tudo, o GQL não aceita comentários anônimos, aí surgem os fakes, o que revela ainda mais a falta de caráter desse tipo de gente.

Forte abraço e Deus te abençoe!

Anônimo disse...

Graça e Paz, risos !


Irmão Gutierres,

Tudo que você falou se enquadra perfeitamente no perfil dos Anônimos que usam esse recurso para defender seus ídolos!

Agradeço a Deus por conhecer ainda jovens com a "CABEÇA NO LUGAR" como você !

Que Deus continue te abençoando !


PS: Estou como ANÔNIMO, mas não sou como os anônimos citados,

Ainda não sou blogger, mas pretendo !


Amém !

Luciano Ferreira disse...

Penso que uma das razões do uso do "anônimo" é a falta de convicção sobre aquilo que está sendo expresso, bem como falta de coragem de expressar o que aquele individuo pensa, independentemente do conteúdo então postado.
Em minha singeleza, penso que o anonimato é reflexo de covardia, e lembremos que os covardes não tem parte no Reino de Deus!

Graça e Paz!

Esdras Costa Bentho disse...

kharis kai eirene

O pior de tudo é quando o "anônimo" para sair do anonimato cria fake e outros perfis falsos na blogosfera, às vezes, para "empurrar uma discussão", outras, para falsamente criticar a si mesmo, e o pior, na maioria, por não ter coragem de assumir o que diz!

Esdras Bentho