Pesquisar este blog

Carregando...

sexta-feira, 17 de junho de 2011

Centenário das Assembleias de Deus no "Jornal Nacional"

O centenário das Assembleias de Deus no Brasil foi notícia no Jornal Nacional, da Rede Globo. O telejornal mais assistido do país destacou a festa de comemoração em Belém (PA). Além disso, a reportagem destacou a assistência social da igreja. Nesse próximo sábado a denominação completa 100 anos de história.


É interessante o destaque social da matéria. A Assembleia de Deus nasceu em uma comunidade pobre, com europeus pobres e nativos igualmente necessitados. Cresceram nas favelas das grandes metrópoles, nas cidades do sertão e no meio da floresta amazônica. A influência social é muito positiva. A denominação também foi um importante instrumento na evangelização do país.


Socialmente falando, a Assembleia de Deus é um marco na vida de várias famílias pobres. Se antes gastava-se dinheiro em bebidas, vícios e trivialidades; depois da igreja as vidas mais ajustadas procuravam educação, investimento na família e um bom convívio com a sociedade. Teologicamente falando, é o trabalho de conversão do Espírito Santo na vida do homem que o transforma em uma nova criatura.


Assista a reportagem no link:


http://g1.globo.com/videos/jornal-nacional/v/igreja-assembleia-de-deus-completa-100-anos-de-existencia/1538548/#/Edições/20110616/page/1


O sábado é um dia de comemorações. Não comemorações personalistas e idólatras, mas sim um momento de agradecimento a Deus pelos cem anos de história viva e marcante. O sábado será também uma ótima oportunidade para pedir ao Senhor mais cem anos de história, todavia agora mais marcadas pelas paixões de homens santos e menos pelas brigas dos egos.


Que a nossa celebração seja de fato uma grande festa. Não triunfalista, nem uma autocelebração, mas sim um momento de alegria com reflexão sobre o futuro que nos espera. Que Deus abençoe a Assembleia de Deus e os milhares de anônimos que trabalham dia e noite pelo bem da Igreja (com I maiúsculo) e pelo bem dos homens.

4 comentários:

osni disse...

Excelente colocação no final do seu artigo, nobre colega.
Gostaria de ser mais direto, e dizer que a briga dos "egos" pelo poder deve acabar: a guerra Belém-SP e Belém-PA,deve acabar imediatamente com um pedido de perdão de ambos os lados. Isto está manchando o Centenário e envergonhando os milhões de assembleianos diante da sociedade e da mídia.
Que Deus os perdoe...

Pr Osni Gonçalves
assembleiano de coração

Elizeu Rodrigues disse...

O jornal nacional nao mostrou a igreja de Belenzinho? O pessoal da CGADB nao deve ter gostado, pois nao divulga a first churcil nos informativos ligados a ela. Que pena, CGADB same sinédrio.

Desculpa, mano, mas nao entendo nossa denominacao.

João Emiliano Martins Neto disse...

Excetuando-se a crença na heresia (Efésios 4:5) montanista da busca por uma segunda benção, excetuando-se o frustrante e orgulhoso arminianismo humanista assembleiano (Romanos 8:29-30), excetuando-se a histeria e selvageria (Efésios 4:31) típica de muitos assembleianos, excetuando-se a fé em Baal que é a teologia da prosperidade (Romanos 14:17), bem como excetuando-se os bem lembrados egos inflados de certos líderes e seus aduladores (Colossenses 2:15), parabenizo essa denominação, a AD, pelos 100 anos de existência e rogo as bençãos dos céus aos mais que vencedores eleitos de Deus, membros e congregados da AD no Brasil e no mundo todo.

Parabéns! Deus abençoe!


Sola gratia! Sola Scriptura! Ecclesia reformata et semper reformanda est!

Matias H disse...

ainda bem q a assembleia é a força de seu povo e não de seus líderes.
parabéns a este povo pentecostal que mudou a história do evangelho no Brasil!
Um abraço,
Matias