Pesquisar este blog

Carregando...

sábado, 7 de janeiro de 2012

Esboço: “O Surgimento da Teologia da Prosperidade”.

Breve Esboço para a ministração da primeira aula: “O Surgimento da Teologia da Prosperidade”.

Leia abaixo algumas frases absurdas dos principais pregadores do Movimento da Fé, um modismo que também é conhecido como Teologia da Prosperidade e Confissão Positiva, e a contra argumentação bíblica.

01. O Movimento da Fé acredita que Jesus teve que pagar no inferno o preço para obter a nossa salvação. A Bíblia ensina que Jesus pagou o preço do nosso pecado na cruz.

“Satanás venceu Jesus na cruz”. – (Kenneth Copeland)

“E, quando Jesus tomou o vinagre, disse: Está consumado. E, inclinando a cabeça, entregou o espírito” (João 19.30).

02. O Movimento da Fé acredita que somos pequenos deuses. Já a Bíblia nos ensina que somos homens pecadores.

“Você não está olhando para Morris Cerullo - Você está olhando para Deus, está olhando para Jesus”. – (Morris Cerullo)

“Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus” (Rm 3.23)

03. O Movimento da Fé ensina que se soubermos os segredos da “oração da fé” Deus nunca dirá um "não" para as nossas orações. Já a Bíblia mostra que Deus é Soberano sobre os nossos desejos e que Ele não é um boneco manipulável por palavras mágicas corretamente pronunciadas pelos homens. A oração não é um "abracadabra".  

“Nunca, jamais, em tempo algum, vá ao Senhor e diga: ‘Se for da tua vontade...’ Não permita que essas palavras destruidoras da fé saiam de sua boca”. (Benny Hinn)

“E ele lhes disse: Quando orardes, dizei: Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu nome; venha o teu reino; seja feita a tua vontade, assim na terra, como no céu” (Lucas 11.2).

“Dizendo: Pai, se queres, passa de mim este cálice; todavia não se faça a minha vontade, mas a tua”. (Lucas 22.42)

“E ele me disse: A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. Por isso, de boa vontade antes me gloriarei nas minhas fraquezas, a fim de que repouse sobre mim o poder de Cristo” (2 Coríntios 12.9).

04. O Movimento da Fé acha que o homem detém poderes e autoridade para acabar com todo o mal existente em sua vida, mas a Bíblia insiste que os cristãos passam por tribulações e que o homem é uma simples criatura que o Criador de nada depende. E pior, o Movimento da Fé acha que o homem tem autoridade até sobre Deus.

“Deus precisa receber permissão para trabalhar neste reino terrestre em favor do homem... Sim! Você está no controle das coisas! Assim, se o homem detém o controle, quem deixou de exercê-lo? Deus”. (Frederick K. C. Price)

“Mas, ó homem, quem és tu, que a Deus replicas? Porventura a coisa formada dirá ao que a formou: Por que me fizeste assim?” Romanos 9.20.

"Por ti tenho sido sustentado desde o ventre; tu és aquele que me tiraste das entranhas de minha mãe; o meu louvor será para ti constantemente". (Salmo 71.6)

05. O Movimento da Fé diviniza o homem, ou seja, faz dele um verdadeiro deus. É um movimento antropocêntrico, ou seja, tem o homem como centro e medida de todas as coisas.

 “O homem foi criado em termos de igualdade com Deus, e podia permanecer na presença dele sem qualquer consciência de inferioridade”. Kenneth E. Hagin

“Filho do homem, dize ao príncipe de Tiro: Assim diz o Senhor Deus: Visto como se elevou o teu coração, e disseste: Eu sou um deus, na cadeira dos deuses me assento, no meio dos mares; todavia tu és homem, e não deus, embora consideres o teu coração como se fora o coração de um deus”. (Ezequiel 28.2)

Nenhum comentário: