Pesquisar este blog

Carregando...

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

O cristianismo e a felicidade

Um leitor perguntou:
"Qual das religiões do mundo confere a seus seguidores maior felicidade?"

C. S. Lewis respondeu:
"Qual das religiões do mundo confere a seus seguidores maior felicidade? Enquanto dura, a religião da auto-adoração é a melhor. Tenho um velho conhecido já com seus 80 anos de idade, que vive uma vida de inquebrantável egoísmo e auto-adoração e é, mais ou menos, lamento dizer, um dos homens mais felizes que conheço. Do ponto de vista moral, é muito difícil. Eu não estou abordando o assunto segundo esse ponto de vista. Como vocês talvez saibam, não fui sempre cristão. Não me tornei religioso em busca da felicidade. Eu sempre soube que uma garrafa de vinho do Porto me daria isso. Se você quiser uma religião que te faça feliz, eu não recomendo o cristianismo. Tenho certeza que deve haver algum produto americano no mercado que lhe será de maior utilidade, mas não tenho como lhe ajudar nisso".


2 comentários:

Cristiano Silva disse...

Poderíamos então dizer que o foco do Cristianismo é transformar homens e mulheres em pessoas "bem-aventuradas", em paz com Deus (já que Cristo pagou a nossa dívida), e não necessariamente felizes.

George Gonsalves disse...

Texto belo e verdadeiro. Como disse Tozer: "entre a felicidade e a santidade, prefiro a santidade. Terei tempo para ser feliz no céu". Convido a todos a lerem. Um abrãço.