Pesquisar este blog

Carregando...

sábado, 11 de fevereiro de 2012

Os “demônios doutrinadores”!

Cena do filme "The Rite". Até Hollywood sabe que não se pode dar ouvido aos demônios...

Por Gutierres Fernandes Siqueira

Vocês viram uma suposta mulher possessa de demônios que acusava o autointitulado “apóstolo” Valdomiro Santiago de vários pecados e falcatruas. Quem conduzia esse exorcismo? Sim, o autointitulado “bispo” Edir Macedo. A guerra entre as duas empresas já está envolvendo até os demônios. Eles há muito tempo já perderam o senso do ridículo.

Pois bem, escrevo este artigo não para analisar essa guerrinha entre esses hereges, mas sim para mostrar que o uso de “demônios evangelistas” não é exclusividade do Edir Macedo.

Eu já li um artigo de adventistas onde um demônio dizia que somente a Igreja Adventista do Sétimo Dia era divina e que todas as outras igrejas, por não guardarem o sábado, eram demoníacas. Que coisa, hein?!

Os demônios que pregam “usos e costumes”

Não foi um ou duas vezes que ouvi histórias de demônios que diziam sair de uma possessa somente se essa largasse calças, adornos e maquiagens, por exemplo. Sim, são demônios que não saem em nome de Jesus, mas sim em nome dos “usos e costumes”. Inclusive, isso aconteceu na congregação assembleiana em que eu me converti.

Hoje, graça a Deus, a mudança na mentalidade quanto aos costumes evita que tais manifestações bizarras aconteçam, mas é ainda possível encontrar tais coisas em igrejas mais legalistas, como a Igreja Pentecostal Deus é Amor (IPAD) e em algumas Assembleias de Deus espalhadas pela federação.

Quem escuta demônio não pode escutar a voz do Espírito Santo pelas Sagradas Escrituras.

3 comentários:

Matias Borba disse...

Gutierres,

Me impressiona a facilidade como esse povo tem acesso aos demônios para conseguir entrevistas exclusivas. rs.

Quem gosta de aprender com demônios deve ser porque tem medo deles ou de fato não conseguem mais ouvir a voz do Espírito Santo através das Sagradas Escrituras. Isso o Macedo nunca soube fazer mesmo, o que me preocupa são os milhares entre nós que aprendem sobre esses pontos que você abordou há muitos anos.

Deus nos ajude!

Abraços!

Blog Cristiano Santana - Uma Visão do Mundo disse...

É fato inequívoco que Jesus teve diálogo com os demônios, mas em nenhuma ocasião ele utilizou os espíritos das trevas para autenticar qualquer tipo de doutrina bíblica, conceito teológico ou princípios morais. O Senhor Jesus não precisava deles para isso, e nós devemos seguir esse exemplo.

Toda a verdade, e todo o ensinamento vem da Palavra de Deus.

Abraços

Cristiano

Marcos Wimmer disse...

A que ponto chegamos!? A estupidez dos líderes pseudo-evangélicos superou todos os níveis do bom senso e inteligência cristã.

Conheço bem a IPDA e suas pérolas doutrinárias de origem demoníaca. Olha que isso não é coisa recente, já vem de longa data.

Quem diria, os maiores inimigos dos Cristãos Pentecostais são, em muitos casos, seus próprios "Missionários", "Bispos" ou "Apóstolos".