Pesquisar este blog

Carregando...

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Culto ao Progresso


Por Gutierres Siqueira

Ainda estou em recesso, mas quero deixar com vocês duas referências sobre o “culto ao progresso” no mundo moderno. Volto a postar normalmente em quinze dias. Até lá!

“Essa desconsideração pela autoridade humana pode ter duas origens. Pode brotar da convicção de que a história humana é um simples movimento unilinear do pior para o melhor- o que se chama de crença no Progresso- de modo que qualquer geração é em todos os aspectos mais sábia que as gerações anteriores. Para os que pensam assim, nossos antecessores estão superados e parece não haver nada de improvável na afirmação de que o mundo inteiro estava errado até anteontem e agora ficou certo, de repente. Com essas pessoas, confesso, não consigo discutir, pois não participo de seus pressupostos básicos. Os que creem no progresso notam corretamente que no mundo das máquinas o novo modelo supera o antigo; disso infere falsamente uma espécie de superação em elementos como virtude e sabedoria”.  [C. S. Lewis em O Peso de Glória. 1 ed. São Paulo: Editora Vida, 2009. p 82-83.]

“Minha atitude perante o progresso passou do antagonismo ao tédio. Parei, há muito tempo, de discutir com as pessoas que preferem quinta-feira à quarta-feira porque é quinta-feira” [G. K. Chesterton].

Um comentário:

João Emiliano Neto disse...
Este comentário foi removido pelo autor.