Pesquisar este blog

Carregando...

segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Reverendo Moon morreu, mas o Manoel Ferreira continua bem vivo!

Por Gutierres Siqueira

Todos vocês já sabem que o heresiarca Sun Myung Moon- ou simplesmente Reverendo Moon- morreu aos 92 anos vítima de uma pneumonia na Coreia do Sul. Moon já foi preso nos Estados Unidos por evasão fiscal e era investigado no Brasil pelo mesmo crime. Fundador da Igreja da Unificação, o reverendo proclamava-se como messias. Além de herege, ele tinha mania de grandeza. Moon acreditava ser o "continuador" do trabalho de Cristo na terra.

Bom, o pior foi ver o bispo Manoel Ferreira negando no programa de TV de seu filho Samuel Ferreira que tivesse relações com o Reverendo Moon. Meses depois todos viram pelo YouTube um vídeo onde o mesmo bispo Manoel Ferreira recebe uma homenagem de Moon na própria Igreja da Unificação.

Por que o bispo Ferreira mentiu em rede nacional? E até onde ia essa relação de amizade entre os dois? E por que a Assembleia de Deus de Madureira e sua alta direção aceita passivamente esse escândalo? Bom, são perguntas sem respostas. Está mais do que na hora do bispo Ferreira pedir desculpas para a comunidade pentecostal, especialmente para os assembleianos de Madureira.

Além disso, o bispo Manoel Ferreira é político e tem algumas acusações graves de corrupção envolvendo laranjas e uma faculdade em sonegação de impostos. (Leia aqui).

Não tenho nenhum prazer em citar o nome de um importante pastor nas Assembleias de Deus, mas é simplesmente escandaloso que o mesmo continue na direção do segundo maior segmento da denominação. Até quando?

Leia mais sobre o escândalo com o Reverendo Moon aqui.

3 comentários:

ROBSON SILVA disse...

Paz, meu amigo.

Gostei da parte do texto que diz:

"Além de herege, ele tinha mania de grandeza. Moon acreditava ser o "continuador" do trabalho de Cristo na terra."...

Será que o senhor "Didi mocó" andou visitando a seita do Moon???

Abraço!

Jane Almeida disse...

Lamentável essa relação promíscua que o "Bispo" insiste em negar. E nem dá para falar em vergonha alheia porque ele não se macula sozinho, mas leva o nome da denominação junto com ele. Fico me perguntando, que tipo de motivação essa relação teria? Apostasia, interesses financeiros, políticos,uma(im)possível ingenuidade romântica que acredita no discurso de paz mundial pregado por Moon 'tisc, ou simplesmente o fato de presumir que os fiéis são burros demais para compreender certas questões e passivos o suficiente para não se manifestar. Triste e vergonhoso.

Pedro paulo disse...

Como é que o bispo Manoel Ferreira se passa por essa situação ? Como o irmão Gutierres já sabe, sou da AD Recife, mas não tenho distinção ministerial: visito comadalpe, conamad, AD Nova iguaçú, IPRB, cbn, entre outras. Fico muito triste de ver um lider de um grande ministério envolvido com um herege como o Rev. Moon. Uma lástima!