Pesquisar este blog

Carregando...

sábado, 23 de fevereiro de 2013

O legado de Elias para Eliseu

Por Gutierres Siqueira

Subsídio preparado para a Escola Dominical na Assembleia de Deus do Jardim das Pedras, São Paulo (SP).


1. Desapego do poder. Reconhecer que não é único ou insubstituível.2. Criação de um sucessor. E isso sem ciúmes ou sabotagem.
3. Reconhecer que para tudo há um tempo, ou seja, saber a hora de parar. “Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu”. [Eclesiastes 3.1 ARF]4. “Jogar a capa" era um ato de passagem de poder e autoridade. Não era um ato místico, mas um cerimonial. Portanto, é necessário cuidado com essa mania de usar objetos como elemento de culto e, também, com os ditos “atos proféticos”. O nosso culto é cristão, não judeu.
5. Elias era um homem comum. Não era nenhum superman ou como disse Tiago: “Elias era homem sujeito às mesmas paixões que nós” (5.17). Esse campeão da fé também sofreu medo, depressão e fez análises equivocadas. Mas acima de tudo estava focado em obedecer a Deus.6. Quando Eliseu pede a “porção dobrada”, na verdade, ele está requerendo o direito de progenitura sobre os demais profetas da escola de Elias. 6.2. A “porção dobrada”, portanto, em um primeiro momento, não significava “mais poder” para milagres. Significa, isso sim, mais responsabilidade como o novo líder a representar o legado do antigo líder. Assim, por que os pregadores atuais falam em “porção dobrada” como “poder em dobro” para milagres, mas esquecem da responsabilidade de um legado na substituição de uma liderança? 6.3. Elias não concede o pedido a Eliseu porque tal atribuição era divina, e não humana. Como os pregadores atuais podem oferecer o que não é prerrogativa deles?
7. Elias não era profeta dos palácios, mas contra o palácio. Não é à toa que enfrentou a fúria da rainha Jezabel. 8. Eliseu, como novo líder, desapega do seu passado.

 
Leia mais: 


“O legado de Elias e o nosso legado ministerial” por Geremias do Couto.


“‘Receba a porção dobrada do Espírito Santo’! Ou, veja porque essa declaração é uma bizarrice!” Por Gutierres Siqueira

Um comentário:

Rafael Batista disse...

fala mano. gostei do esboço da aula, parabéns.
tenho me espelhado em ti, na questão sobre divulgação em blogs.
por isso peço-lhe que de uma olhado em meu blog>>>>>
http://teologicando.blogspot.com.br/
tem um link seu lá para divulgação.
ajuda-me a divulgar a verdadeira palavra de Deus através de meu blog.

grato. fica na paz.