Pesquisar este blog

Carregando...

domingo, 3 de novembro de 2013

Você é um evangélico panteísta do B?

Por Gutierres Fernandes Siqueira

Galinha do mal. #Medo!
Galinha Pintadinha é do diabo. A brincadeira da girafa no Facebook é pacto satânico. O Rei Leão faz uma dança de incentivo à homossexualidade. O castelo da pequena Sereia é a representação do órgão sexual masculino e quer incentivar crianças à sexualidade. O maionese Hellmanns significa "homem do inferno". Há uma articulação escondida da Nova Ordem Mundial atrás da mídia, da maçonaria e da ONU para destruir a família cristã. O Obama ou o papa Francisco são as bestas do Apocalipse etc. e tal. 

Bom, tudo isso você já ouviu de alguns evangélicos. Essa cosmovisão é o panteísmo do B, pois vê o diabo como um deus que está em tudo. E pior: atribui a esse deus um poder inclusive de pactuação involuntária. Um deus arbitrário e todo-poderoso, capaz de romper a própria liberdade humana. Não seria exagero dizer que para alguns evangélicos o diabo é tão poderoso quanto Deus, ou até mais. É uma mistura de panteísmo com maniqueísmo. 

Isso não é cristianismo. É paganismo. Portanto, fuja dessa mentalidade doente. E estou com um sentimento de "vergonha alheia" ao saber que é um assembleiano o divulgador do suposto "pacto oculto com satã mediante a brincadeira da girafa". É muita ignorância para pouco espaço. O panteísmo do B esquece que "do SENHOR é a terra e a sua plenitude, o mundo e aqueles que nele habitam" [Salmos 24.1]. 

E para encerrar não custa lembrar a velha e conhecida observação de C. S. Lewis:

Há dois erros idênticos e opostos nos quais nossa espécie pode cair acerca dos demônios. Um é não acreditar em sua existência. O outro é acreditar e nutrir um interesse excessivo e doentio neles. Os próprios diabos ficam igualmente satisfeitos com ambos os erros e saúdam o materialista ou o mágico com o mesmo deleite. [LEWIS, C. S. Cartas de um diabo a seu aprendiz. 1 ed. São Paulo: Editora Martins Fontes, 2009. p 4.]



Leia mais:

Pacto Involutário? por Norma Braga

Aos galinhopintadinhólogos de platão! por Ciro Sanches Zibordi

O fascínio pelas mensagens subliminares! por Gutierres Siqueira


7 comentários:

Anônimo disse...

Concordo com o texto, qdo li o texto sobre a brincadeira da girafa ser demoniaca que trocar a foto pela girafa era satanás trocando minha identidade... confesso que fiquei com vergonha da pessoa assinar o texto como sendo evangelico. E a galinha pintadinha então totalmente endemoniada? O mickey ser santanico? o fato de haver um demonio chamado ra - tim -bum, por isso q não se deve cantar parabéns pra vc em aniversarios ?(alias, deve ser subistiuido por uma musica de aniversario gospel) E a Dora a aventureira nos momentos de interação com as crianças que faz com que elas realizem pactos satanicos? Fico entristecida e envergonhada por tantos se entitularem cristãos e falarem tamanhas bobagens e deixar totalmente de lado a grandeza de Deus e a mensagem da cruz... :(... Chegou o tempo de vivermos o evangelho e professar a palavra e não se apegar a teorias de infantis q querem tanto evitar o diabo mas acaba por fim só propagando a grandeza q ele não tem... e com isso diminuir a grandeza de Deus e a vida e a obra de Cristo e de hoje restringir o poder do Espírito Santo de Deus.
Priscila Bento Teixeira

Erick Lima disse...

Prezado Gutierres,

Eu concordo com a citação do C.S. Lewis. A citação do Lewis é equilibrada.
Acredito que muitas pessoas lerão seu artigo e as será para benéfico. Inclusive eu, precisaria ter lido algo assim há algum tempo atrás.
Bem, acredito que existem dois tipos de pessoas enganadas; as que ficam procurando coisas diabólicas em tudo e as que ignoram o maligno.
Acredito, e Jesus disse que esse mundo jaz no maligno. Logo, é lógico concluir que, se você procurar saber a fundo, encontrará o maligno nas coisas, isso vale até para os materiais evangélicos.
O que faremos então? Faremos como os crentes tessalonicenses e subiremos a montes trajados de branco e lá ficaremos até a volta do Messias? Claro que não. O mesmo Jesus que falou que este mundo jaz do maligno é o mesmo que orou a Deus(oração sacerdotal) e O pediu que não nos tirasse do mundo, mas nos livrasse do mal.
Assim concluo que, o grande lance da caminhada cristã, é não desviar para esquerda nem para a direita, buscar o equilíbrio. Sim eu sou pecador, sim este mundo jaz no maligno, porém sim meu redentor vive e sim Ele é maior que estas coisas e sim, eu posso me santificar delas sem perder o sono e sem isso ser um fardo ou jugo pesado.

Walder disse...

Concordo com vc, precisamos viver mais a Graça de DEUS!
Caso contrário, viveremos no medo e na paranoia. Estamos nesse mundo, até que o Senhor vem nos buscar, precisamos exercer a nossa autoridade em Cristo Jesus.

Walder disse...

Concordo, existe muito medo do diabo no meio cristão. Não vejo embasamento bíblico para esse medo(ex:crente com medo de macumba). Precisamos exercer nossa autoridade em Cristo Jesus, pois dessa forma viveremos tbm a Graça de Jesus. É lógico que existem alguns casos que, por prudência(não por medo), devemos evitar. Como exemplo cito filmes de Herry Potter, pois nesse caso fica claro a apologia a feitiçaria para as crianças.
Walder Demonel de Lima

Carlos Roberto Silva, Pr. disse...

Caro amigo Gutierrez Siqueira,

Graça & Paz!

Nada a acrescentar ao texto. Concordo plenamente.
No afã de multiplicar o conhecimento do tema, publiquei no Point Rhema com o devido link e crédito.
Um grande abraço.

Seu conservo em Cristo,

Pr. Carlos Roberto

Anônimo disse...

Fora do tópico; é impressão minha ou o pessoal da Genizah ta botando a culpa nos pentenconstais sobre teologia da prosperidade?

http://www.genizahvirtual.com/2013/10/kate-bowler-para-cnn-isso-e-um-dia-na.html

mais que isso, se entendi bem, meio que de forma sútil dão a entender que pentencostais não tem teologia ou entendi errado?

alvaro disse...

meu caro,é muito espiritualismo para pouco cristianismo em nossos dias!!!!!!!