Pesquisar este blog

Carregando...

sexta-feira, 4 de março de 2016

O que podemos aprender biblicamente com o "caso Lula"?

Por Gutierres Fernandes Siqueira

01) "As pernas eram de ferro, e os pés eram em parte de ferro e em parte de barro". (Daniel 2.33). Assim como Nabucodonosor, alguns líderes esquecem que seus impérios estão baseados em pés de barro.

02) "O orgulho vem antes da destruição; o espírito altivo, antes da queda". (Provérbios 16. 18). Alguns líderes esquecem que o orgulho é o pior conselheiro. Sim, ele sempre derruba o altivo no final.

03) "Melhor é um jovem pobre e sábio, do que um rei idoso e tolo, que não mais aceita repreensão". (Eclesiastes 4.13). O pior cenário na vida de um homem não é a corrupção e o pecado, mas o não reconhecimento dos próprios erros.

5 comentários:

WESLEI ROCHA disse...

Se a PF e o MPF investigassem todos os políticos brasileiros acusados de corrupção, com 10% de intensidade com que investigam o Lula, certamente a corrupção no país seria reduzida em elevadas proporções.

Pb. José Roberto da Rocha disse...

Esta jararaca,terá a cabeça esmagada antes de 2018 !

Anônimo disse...

A analogia com o sonho de Nabucodonozor não faz sentido. Os pés de barro não representavam seu reino. Mas de todo modo, a dificuldade de reconhecer as próprias falhas é um mal do qual, infelizmente, quase todos padecemos.

klebersantos disse...

A paz do senhor Gutiérres!
Eu complementaria dizendo que é o resultado da semeadura.

Ev. Márcio Santos disse...

Em parte ate vejo uma certa coerência por acontecer no Ocidente, mas na verdade Lula montou um império utópico, sendo que os impérios representado na estatua todos estariam vendo.